Osasco vence Pinheiros por 3 sets a 2 na Superliga
Home Destaques Osasco vira jogo e vence o Pinheiros no tie-break
Destaques - Superliga - 6 de fevereiro de 2024

Osasco vira jogo e vence o Pinheiros no tie-break

Equipe comandada por Luizomar de Moura abre três pontos sobre o Gerdau Minas na Superliga


Na reedição da final do Campeonato Paulista, o Osasco conquistou uma vitória suada sobre o Pinheiros no tie-break, com parciais de 19-25, 25-19, 18-25, 25-19 e 15-3, nesta terça-feira (6), no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, pela quarta rodada do returno da Superliga Feminina 2023/2024.

Com o resultado, o time comando por Luizomar de Moura se manteve em segundo lugar na classificação, atrás apenas do líder Sesc RJ Flamengo, mas abriu três pontos em relação ao Gerdau Minas. Já o Pinheiros está em nono lugar. O Troféu Viva Vôlei ficou com a oposta Lorenne, do Osasco, mas a maior pontuadora foi a ponteira Karen, do Pinheiros, com 25 bolas no chão.

No primeiro set, o Pinheiros apostou muito no saque forçado em cima de Tifanny, o que deu resultado. Além disso, as donas da casa contaram com ótimos ataques de Bruna Moraes, Karen e Valdez. O Osasco teve Maíra como grande destaque, mas o Pinheiros dominou o set e fechou em 25 a 19.

A segunda etapa começou melhor para o Osasco, mas o Pinheiros seguiu na cola, com Karen no comando das ações ofensivas. O resto do time, por sua vez, caiu de produção. Ao mesmo tempo, o Osasco contou com o crescimento de Lorenne, que marcou nove pontos na parcial. Tifanny continuou com dificuldades na recepção, mas foi importante nas jogadas ofensivas. De forma geral, o Osasco melhorou muito tecnicamente, fechando o set com a mesma parcial de 25 a 19.

O equilíbrio da partida se manteve no terceiro set, mas quem levou a melhor foi o Pinheiros, com Karen em alto nível. As centrais Lays e Mara também marcaram presença. Do lado do Osasco, Lorenne era a bola de segurança. A etapa começou equilibrada, mas as paulistanas transformaram um 5 a 6 contra em 10 a 6 a favor, seguiram com boa vantagem e fecharam em 25 a 18.

O quarto set começou melhor para o Pinheiros, mas terminou com o Osasco empatando a partida em 2 a 2. Com ajuda preciosa de Karen, as donas da casa transformaram um 5 a 3 contra em 8 a 5 favor. No entanto, Tifanny entrou no jogo e, com a ajuda da central americana Callie, levou o Osasco a virar para 18 a 12 e fechar em 25 a 19.

No quinto set, só deu Osasco. Com boas jogadas de Tifanny, a equipe comandada por Luizomar de Moura abriu 8 a 0, administrou o resultado e fechou em 15 a 3. A ponteira, inclusive, marcou os dois últimos pontos da partida.

Veja a classificação atualizada da Superliga Feminina 2023/2024:

1 – Sesc RJ Flamengo: 42 pontos (15 jogos)
2 – Osasco/São Cristóvão Saúde: 35 (15)
3 – Gerdau/Minas: 32 (15)
4 – Dentil/Praia Clube: 29 (14)
5 – Sesi Bauru 28 (15)
6 – Fluminense: 22 (14)
7 – Barueri: 22 (15)
8 – Unilife/Maringá: 18 (14)
9 – Pinheiros: 14 (15)
10 – Bluvôlei: 13 (15)
11 – Brasília: 9 (15)
12 – São Caetano: 0 (14)

Veja os próximos jogos abaixo:

7/02 (quarta-feira): 18h30 – São Caetano x Fluminense (Sportv2)
7/02 (quarta-feira): 21h – Unilife Maringá x Dentil Praia Clube (Sportv2)