Sheilla
Home Destaques Zé Roberto, sobre Sheilla: “O problema hoje é o físico”
Destaques - Seleção Brasileira - 28 de abril de 2021

Zé Roberto, sobre Sheilla: “O problema hoje é o físico”

Zé Roberto diz que ser campeã ou bicampeã olímpica não é pré-requisito para ficar entre as 12 que vão para Tóquio

O técnico da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei, José Roberto Guimarães, comentou sobre a convocação da oposta Sheilla, 37 anos, uma das grandes protagonistas da conquista do bicampeonato olímpico do Brasil (Pequim-2008 e Londres-2012) nas mãos do treinador. A convocação da jogadora, que ficou afastada das quadras de 2016 a 2019 para se dedicar à maternidade, gerou polêmica nas redes sociais. Na última temporada, Sheilla atuou apenas na Liga Profissional dos EUA, torneio que durou cinco semanas.

– Sheilla é uma jogadora que sabe jogar voleibol, todo mundo sabe disso. Tecnicamente, é uma das melhores jogadoras que eu já treinei. O problema dela hoje é físico e ela sabe que tem de correr atrás do físico – disse Zé Roberto, durante uma live com a ex-ponteira da Seleção Brasileira, Virna, medalha de bronze nos Jogos de Atlanta-1996 e Sydney-2000 e a jornalista Glenda Koslowski, na terça-feira à noite.

– Uma coisa que eu disse para todas as jogadoras é que ser campeã olímpica ou bicampeã olímpica não é pré-requisito para estar entre as 12 que vão para Tóquio – completou o treinador. Atualmente, a única bicampeã olímpica no elenco é Sheilla. Dani Lins, Fê Garay, Natália, Tandara, e Adenízia foram campeãs em Londres-2012.

– Todo mundo tem de mostrar a que veio. E a Sheilla vai ter a chance de mostrar na Liga das Nações. Vai ter de derrubar bola e fazer o que ela sempre faz. Ela é uma jogadora excepcional. Mas tem de estar em condições físicas – disse o tricampeão olímpico.

Zé Roberto também elogiou Natália e Gabi, que atuaram, respectivamente, no voleibol russo e turco nesta temporada.

– Gabi evoluiu muito na Turquia, em termo de maturidade, foi muito bom para ela viver as experiências desses últimos dois anos. Vi a Nati também mais tranquila, mais madura, mais equilibrada – completou o técnico.

Veja também

França com força máxima, mas sem Le Roux na VNL

A França anunciou, nesta segunda-feira, a lista de 18 jogadores inscritos para a Liga das …